sexta-feira, 2 de abril de 2010

Apenas carrego

Me vejo, na maioria do meu tempo, no automático. Um tipo de mecânica que exerce movimentos repetidos e pensamentos não tão criativos. Isso acaba me cansando, tomando de mim alguns motivos pelo qual faziam-me sentir bem. Posso me ver em um mundo preto no branco ou vice e versa, em que agora, eu nem mais consigo definir o que antes era tão fácil.
Bagunças no quarto, uma boa música no som alto e alguns momentos de lucidez. Conseguia sentir aos poucos o frescor de um mundo que eu sentia saudades, o meu. Arrumando um pouco das lições espalhadas e dos livros que ainda teria de ler, fui me reorganizando. Isso se tornou algo imprescindível.
O dia-a-dia já foi mais essencial, confesso. Meus sorrisos já foram mais largos e meus olhos mais puxados quando sorria para sonhos, que sem dúvida nenhuma, deixaram saudades. Saudades costuma ser derivada de passado, algo que conseguiu deixar marcado uma breve reticências. E que reticências bem pontuadas! Por fim, eu não consegui saber a tal complementação dessa história, de tal título ficou na memória de uma menina, que agora, caminha em direção ao lugar de uma mulher. Mas, por enquanto, me vejo num mundo preto no branco ou vice e versa, onde carrego no bolso um bom e saudoso sentimento. Ou, pode-se dizer, que são as teimosas reticências que pertubam as lembranças.

19 comentários:

  1. me sinto como você.Preciso estar no contexto certo,e organizar minha cabeça,hihi bjs :*

    ResponderExcluir
  2. Gatissima, andou sumida ein =/
    o que aconteceu ? saudades imensas desse cantinho!

    bom, em relação ao texto.. sinceramente precisamos sentimentos verdadeiros pra nos sentirmos mais vivas não é mesmo ?
    é preciso um ato pra que possamos estender toda nossa vida.

    parabéns! não nos abandone. beijos flooor ..

    ResponderExcluir
  3. somos obrigados a viver no automático, mas sair da rotina é necessário para vivermos.
    adorei esse seu texto, amo seu blog *-*

    ResponderExcluir
  4. legal aqui guria 0/

    ResponderExcluir
  5. "Bagunças no quarto, uma boa música no som alto e alguns momentos de lucidez. Conseguia sentir aos poucos o frescor de um mundo que eu sentia saudades, o meu. Arrumando um pouco das lições espalhadas e dos livros que ainda teria de ler, fui me reorganizando. Isso se tornou algo imprescindível."

    U-A-U. Vou seguir também!

    ResponderExcluir
  6. gostei do post, sério '-' ele me lembrou um pouco a mim, com todo esse afobamento por estudar, estudar e estudar, as pessoas acabam se distanciando um pouco da diversão e ficando obcecadas.
    não que isso esteja acontecendo comigo, mas já acontece com alguns de meus amigos, e temo que logo eu fique louca por estudar Ç_Ç
    bem, tô te seguindo :) beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Queria convidar.te a visitar o meu blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. e não é que com um comentário você me fez mudar um pensamento inteiro?

    quanto ao seu texto,
    e quantas vezes não nos sentimos assim, no automático, ahn?
    essas horas em que sentimos falta de nós mesmos em tudo que fazemos,
    essas horas em que a rotina só incomoda, em que não percebemos como chegamos lá e nem entendemos o porquê.

    ...

    é, você sabe dizer as coisas...

    sigo-te também. (:

    ResponderExcluir
  9. Reticências...
    Esse é o sinal de que ainda ''há por vir''...
    E se ficarmos por mil anos no mundo,
    sempre haverá surpresas, assim como haverá saudades de um passado.
    O presente de hoje será o passado de amanhã,
    por isso cada dia é valioso e único.
    E pense que amanhã sempre será melhor.
    Muito bom seu texto, e sinto uma sinceridade em suas palavras, parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Lindaaaa....seu blog cada vez mais maravilhoso *-* como adoro seus comentários e como adoro a pureza da sua escrita...me envolvo de mais nos seus textos...e ei..não se desespere...fases da vida são como águas que movem um velho moinho...a gente tem que recebe-las pra fazer a roda girar...amo você amiga e ler isso me deixa um pouco preocupada...mas ao mesmo tempo descansada pois vc tem a facilidade de perceber e alterar seu rumo sempre risonha sempre madura de mais pra passar voando por coisas um pouco estranhas...continuo aqui...e por favor,continue escrevendo...você brilha nao só como pessoa,mas tb através de cada letrinha que sai dese coração lindo...
    ;***

    ResponderExcluir
  12. Se pudéssemos queimar as retissências quando quiséssemos seria tão bom não é?
    Obrigada por estar em meu blog.
    Parabéns pelo texto!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  13. Nossa, lindo demais. Agora sim eu refletida legal, e esse texto combinou muito comigo. Estou seguindo. Amei, estarei sempre aqui. Um forte abraço e um beeeijo ! ;*

    ResponderExcluir
  14. viver no automático é meio inevitável.
    quando se evita, evita só por um tempo. xDD

    tu escreve muito bem, Grazi.
    to te seguindo. xD

    ResponderExcluir
  15. adoreei o blog, muito boom
    to seguindo, segue tambeém ?
    Beiijoos ;*

    ResponderExcluir
  16. Adorei seu blog, muito lindo.
    Tô seguindo, segue também? (:
    Beijoss.

    ResponderExcluir

o você acha disso, hm?