sexta-feira, 25 de junho de 2010

Em composições

É incrível como os ouvidos são capazes de captar versos de músicas que, por uma composição "pré-proposital", torna-me uma admiradora quase compulsiva. Excluí-las de listas de reprodução não houve muitos resultados, pois infelizes rádinhos fazem-me ouvir as músicas pelas quais quero me livrar, me ver longe e não me ver nelas. Mas por puro fracasso e querer calar o barulho que há durante uma tarde movimentada, vejo-me com fones já grudados nos ouvidos e os refrões em mente. E "Longe de você", de Charlie Brown Jr., por um acaso, me faz ficar ainda mais perto de você. Droga, você adorava essa música.
Não sei o por quê de tanta questão em me lembrar de você e torna-lhe assunto de minhas poesias de gaveta. É incontrolável. Você virou motivos de todo Dejá vu em que pego-me atormentada. Também faz-me a mais profunda e sincera autora de redações escolares que, até agora, não foi nenhuma reprovada em que na verdade, estariam mais para cartas
do que para redações. Que pena não poder ler e ver as notas de nossas histórias. Estaria orgulhoso - eu ri.

Charlie Brown Jr. canta "Longe de você", mas fico cada vez mais perto. Te imagino aqui, do meu lado, "quando te vejo, eu começo a sorrir".
Contudo, o tempo passa e já se passou. Raramente acontece de me esquecer que já fomos um casal. Já não somos mas motivos de comentários. Um tipo de amnésia se instalou entre as pessoas em redor, pois como falei, o tempo passa e já se passou muito. Como tudo que é vivido intensamente, ainda é possível ter breves recordações. Eu ainda posso me lembrar das cores que consistia nos seus olhos durante as mudanças de tempo. Eu me lembro.
É possível nos encontrarmos? "Me encontra", Charlie Brown Jr. canta. Eu canto "Fico pensando onde está você, e se você estaria pensando em me encontrar". Mas tudo isso, por fim, é música. São por elas que chego à você. Não posso ficar sempre com os fones no ouvido, preciso me despedir e dar um tempo. É versos nostálgicos demais para mim. É platônico.

"Sua voz foi a trilha sonora do meu verão.
você sabe que você é diferente das outras?
Você sempre será meu trovão, e eu digo:
Seus olhos são os mais brilhantes de todas as cores.
Eu não quero amar mais ninguém,
você sempre será meu trovão.
Então traga a chuva
e traga o trovão."

Thunder - Boys like girls

P.s. Seus dedos ainda passarão pelos meus cabelos?

17 comentários:

  1. Por mais que o tempo passe, algumas coisas insistem em ficar.
    Gostei bastante do texto. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. meu Deus que lindo graazi!
    é, por mais que você tente, as musicas sempre insistem em nos lembrar de certos momentos, e de certas pessoas.
    temos que nos desconectar ás vezes.

    beijo:*

    ResponderExcluir
  3. Amei!
    Mas não só os ouvidos, mas o coração e a mente, também fazem parte da dos lembranças quando a música nos toca.
    Postei ima matéia recente sobre o Tempo, onde retrata outro tema, mas que corresponde a música e o Tempo. Você vaoo gostar com certeza.

    Bela máteria e belo blog

    Meus parabéns

    Marcio RJ

    ResponderExcluir
  4. Você fala de um jeito tão diferente. Diferente de 98% das garotas que falam de amor ou coração partido. Te aprecio, e amo Thunder do Boys Like Girls, amo você tbm :B HAHA *-*

    ResponderExcluir
  5. Putz, música é uma parada muito estranha.
    Por mais triste que possa ser a lembrança que ela traz, a sensação chega a ser boa, por ser tão forte. xD

    Mandou benzão nesse texto, Grazi!
    Beijão! :P

    ResponderExcluir
  6. QUE TEXTO INCRÍVEL! Eu costumo dizer que música é alma, sabe? Transmissão de sentimentos, criação, inspiração... ALMA.

    ResponderExcluir
  7. Oii tudo bem? Lindo blog ^^
    tô passando pra deixar nossa marquinha e lhe convidar para conhecer nosso Blog.. (:
    beeijOs

    Deluxe

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do blog, por isso que te indico ao Prêmio Dardos e ao prêmio Sunshine. Passe no meu blog veja as regras. Beiijoos ;*

    http://sentimentosepensamentos-liviasuassuna.blogspot.com/2010/06/premios-selos-dardos-e-sunshine-award.htm

    ResponderExcluir
  9. é, tem muitas músicas que me lembram alguém também. e é tenso... por mais que você tente não ouvir, elas estão em todos os lugares! parece que quanto mais se foge, mais se escuta! e dai as memórias vem à tona. sei muito bem como é isso!

    enfim... vamos levando a nossa vida :)
    um beijão :*

    Ah, se tiver twitter, me segue porque lá eu to sempre :) https://twitter.com/maa_lauraa

    ResponderExcluir
  10. a letra dessa música é linda ._.

    ResponderExcluir
  11. Eu amei aqui, amei mesmo, amei esse e outros que li antes de comentar.

    Parece que as vezes a música que menos queremos ouvir, é a que mais toca, e quando não toca, nos pegamos cantarolando certos versos que tem algum sentido para nós.

    Parabéns!
    Um beijo ;*

    ResponderExcluir
  12. posso ser louca, mas tenho pra mim que por traz das músicas tem muita coisa que a gente não enxerga, isso deve explicar porque algumas não fazem sentir tão bem ou tão mal só pela melodia, tocarem numas horas do NADA, significarem em segredo o mesmo pra duas pessoas.. Q AIHOA amei o texto , você escreve muito bem, mesmo ;')

    ResponderExcluir
  13. " quanto mais se foge, mais se escuta! e dai as memórias vem à tona "

    Só dando ênfase ao que uma menina disse ai em cima, gostei muito do texto, não só desse como dos outros também, estou seguindo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. aaaaaaaadorei o texto, a música é mesmo um PROBLEMA , que acabam nos deixando um pouco NOSTALGICOS. rs.

    amei, amei , estou seguindo !


    Beijos !

    ResponderExcluir

o você acha disso, hm?